Os Sete Maridos de Evelyn Hugo


Título: Os Sete Maridos de Evelyn Hugo (The Seven Husbands of Evelyn Hugo) • Autor: Taylor Jenkins Reid • Editora: Paralela • Tradução: Alexandre Boide • Compre: Amazon

Há tempos eu estava louco para ler esse livro, não bastasse o título totalmente atrativo, uma sinopse pra lá de interessante, teve todo o hype envolvido no mesmo desde o ano passado quando foi lançado, eu não consegui tirar esse livro da cabeça e bom assim que meu Kindle chegou a primeira coisa que fiz foi ler a edição digital que a editora tinha disponibilizado.

Esse foi o meu primeiro contato com a escrita da autora e sinceramente eu não poderia ter ficado mais encantado com a escrita dela, para ser sincero ela escreve tão bem que eu nem percebia o tempo passando durante a leitura, a escrita dela é emocionante, fluida e sem rodeios. A história me capturou por inteiro e tudo o que eu queria saber era quem foi a verdadeira Evelyn Hugo.

Monique é uma personagem interessante, mesmo com a história não girando totalmente em torno dela, ela é marcante e mesmo com o pouco que podemos de fato ver sobre a personagem, é possível ver o quanto ela cresce dentro da história. Mas, fica bem claro que é em torno de Evelyn que a história gira, e que ela ofusca tudo e a todos a seu redor. Evelyn é uma mulher inteligente, forte e disposta a tudo para alcançar seus maiores sonhos, ela enfrenta as adversidades que lhe são impostas e agarra todas as oportunidades que aparecem com unhas e dentes para se tornar a grande estrela que sonhou ser.

Sendo sincero eu fiquei completamente envolvido e apaixonado pela história de Evelyn Hugo, para mim é como se ela realmente tivesse existido e agora eu a tivesse descoberto a real história de sua vida. Mesmo com todo o glamour e sucesso ela passou por maus bocados para chegar onde chegou e ainda assim ela faz questão de deixar explícito que ela não é e nunca foi perfeita, mas, que a cima de tudo não se arrepende das coisas que fez.

Acho que por mais que eu escreva eu não vou conseguir expressar o quanto eu amei ler esse livro, sem dúvidas a melhor leitura do ano disparado até o momento, eu sofri com a história, chorei com os acontecimentos, quis dar uns sacodes em Evelyn, e eu amo histórias que me fazem sentir tantas emoções. Contando a história de Evelyn o livro toca em assuntos tão importantes e tão necessários que eu fiquei bobo quando terminei de ler e vi o quanta coisa relevante foi inclusiva no livro,  Taylor Jenkins Reid obrigado por essa obra-prima!

Com todo o esplendor que só a Hollywood do século passado pode oferecer, esta é uma narrativa inesquecível sobre os sacrifícios que fazemos por amor, o perigo dos segredos e o preço da fama.
Lendária estrela de Hollywood, Evelyn Hugo sempre esteve sob os holofotes ― seja estrelando uma produção vencedora do Oscar, protagonizando algum escândalo ou aparecendo com um novo marido… pela sétima vez.
Agora, prestes a completar oitenta anos e reclusa em seu apartamento no Upper East Side, a famigerada atriz decide contar a própria história ― ou sua “verdadeira história” ―, mas com uma condição: que Monique Grant, jornalista iniciante e até então desconhecida, seja a entrevistadora.
Ao embarcar nessa misteriosa empreitada, a jovem repórter começa a se dar conta de que nada é por acaso ― e que suas trajetórias podem estar profunda e irreversivelmente conectadas.

9 Comentários

  1. Olá, tudo bem? Gente, cada dia vejo falarem mais desse livro, e são sempre opiniões positivas, hahaha, acho que vou ter que dar um jeito de ler logo. Adorei a resenha, fiquei ainda mais curiosa!

    Beijos,
    Duas Livreiras

    ResponderExcluir
  2. Oi Alisson.

    Sou resenha está tão empolgante que fiquei com muita vontade de ler este livro. Espero ficar apaixonada pela história de Evelyn Hugo como você ficou. Adorei sua resenha e obrigada pela dica. Vou tentar lê-lo o mais rápido possível.

    Bjos

    ResponderExcluir
  3. Olá, como vão as coisas?

    Esse livro é uma incógnita para mim: não sei se leio ou se não leio kkkk. As resenhas que leio são tão divergente umas das outras que não consigo me decidir. Você, por exemplo, chamou o livro de obra-prima, mas um livro jamais agradará a todos, não é? Daí alguns que conheço que tem o gosto literário parecido com o meu não gostaram... Mas só dando uma chance à leitura para saber, não é? Vou tentar me decidir haha.

    Abraços!
    www.acampamentodaleitura.com

    ResponderExcluir
  4. Oi! Parece que esta história te pegou de jeito hein!!! É bom quando isso acontece não é!? Fiquei com uma pontinha bem grande de curiosidade por este livro, confesso! srs

    Sua resenha está muito encantadora, dá vontade de saber logo toda a história!
    Um abraço!

    ResponderExcluir
  5. Oi Alisson, tudo bem? Quando todo mundo começou a falar desse livro ano passado eu fiquei com vontade de lê-lo mas, depois perdi completamente o interesse por ele! Não tenho um motivo especifico mas, fiquei um pouco saturada de tantas pessoas falando do mesmo livro, ao mesmo tempo e ninguém fala uma coisa negativa sobre a história, sei lá. Acho que todo livro tem seus pontos positivos e negativos e sempre sinto falta de ouvir o lado ruim da história antes de decidir se leio ou não.

    Viviane Almeida
    Resenhas da Viviane

    ResponderExcluir
  6. Oi, tudo bem?
    Eu sou completamente apaixonada por esse livro. Li recentemente e fiquei novamente encantada com a escrita da autora. Já tinha lido Daisy Jones and The Six antes e achava que ela não poderia me surpreender mais, mas aí veio a Evelyn Hugo e se tornou um dos meus favoritos da vida. Concordo totalmente com você em relação ao desenvolvimento da Monique, que realmente cresce muito ao longo do livro, mas o foco é todo da Evelyn mesmo. Para mim, é a personagem feminina mais complexa que já li e também senti que ela era real. Inclusive, terminei de ler o livro doida para ver os filmes dela hahaha.
    Adorei sua resenha e fiquei muito feliz por você ter amado tanto a leitura.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  7. Deu pra sentir que você realmente se envolveu e curtiu essa leitura.
    Estou vendo que terei que ler logo, pois estou amando as resenhas que estou encontrando.

    Sai da Minha Lente

    ResponderExcluir
  8. me identifiquei lendo sua resenha, ja passei por isso, sei como é gostar tanto de uma obra mas não conseguir colocar em palavras o que senti, eu ainda nao li a obra e nao sinto que ela é pra mim, mas quem sabe um dia.

    ResponderExcluir
  9. Olá, tudo bem? Que bacana saber que a leitura foi boa para você, eu sou louca para ler o livro também, já está na minha lista de desejos tem um tempo, e recentemente vi que tem em e-book estou pensando em compra-lo nesse formato. Adorei sua resenha e opinião a respeito!

    ResponderExcluir