E Se Fosse A Gente?


Título: E Se Fosse A Gente? (What If It's Us) • Autores:  Becky Albertalli e Adam Silvera • Editora: Intrínseca • Tradução: Viviane Diniz • Compre: Amazon

Não sabia bem o que esperar de um livro escrito pelo Adam e pela Becky, pois, sabemos bem o tipo de história que cada um deles costuma escrever não é mesmo? Mas juntos ? Eu sinceramente fiquei apreensivo e sem sombra de dúvidas louco para ler esse livro.

Logo de cara eu já identifiquei quem escrevia qual personagem, e eu amo tanto já ter lido livros o bastante dos dois autores para conseguir fazer esse tipo de conexão, a escrita tanto da Becky quanto do Adam continua afiada e fluida, me vi completamente imerso na história e conectado com os personagens, dei várias risadas, fiquei triste, chateado e se tem uma coisa que eu amo em uma leitura é quando ela consegue me fazer ter várias reações, pois, isso prova o quanto aquela história me pegou.

Eu amei a forma realística como os protagonistas, Ben e Arthur foram escritos, uma das coisas que mais amo na escrita da Becky e do Adam é o quanto eles conseguem fazer seus personagens transmitirem realidade, fazendo-se muito mais fácil criar uma conexão e carinho pelos personagens e meu Deus como eu torcia para que as coisas dessem certo para eles dois e com eles dois.

Sempre que leio os livros da Becky fico feliz com o final, ela sempre consegue fazer a gente se sentir bem com os finais de livro dela, já com o Adam eu sempre fico devastado no final, ler um livro do Adam é um impacto grande, você tem que estar bem, por isso não sabia o que esperar desse livro, mas estranhamente eu fiquei devastado e feliz ao terminar a leitura do mesmo, não me pergunte como e nem porque, a forma como o livro termina é perfeita, uma parceria entre Adam e Becky só poderia ter gerado algo grandioso como esse livro.

De férias em Nova York, Arthur está determinado a viver uma aventura digna de um musical da Broadway antes de voltar para casa. Já Ben acabou de terminar seu primeiro relacionamento, e tudo o que mais quer é se livrar da caixa com todas as lembranças do ex-namorado.
Quando eles se conhecem em uma agência dos correios, parece que o universo está mandando um recado claro. Bem, talvez não tão claro assim, já que os dois acabam tomando rumos diferentes sem ao menos saberem o nome ou telefone um do outro.
Em meio a encontros e desencontros — sempre embalados por referências a musicais e à cultura pop —, Ben e Arthur se perguntam: e se a vida não for como os musicais da Broadway e os dois não estiverem destinados a ficarem juntos? Mas e se estiverem? Aos poucos, eles percebem que às vezes as coisas não precisam ser perfeitas para darem certo e que os planos do universo podem ser mais surpreendentes do que eles imaginam.

12 Comentários

  1. Olá, tudo bem? Não conhecia esse livro ainda, e não é um gênero que eu leia muito, mas fiquei curiosa para ler essa obra, pois a história parece ser muito boa. Adorei a resenha!

    Beijos,
    Duas Livreiras

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não digo que sempre devemos ler um gênero que não leriamos, porque eu mesmo não leria romance de época, mas, se surgir curiosidade esse é um ótimo livro para ler.

      Excluir
  2. Oi Alisson.

    Ainda não tive a chance de ler este livro, mas pela sua opinião, eu fiquei com uma leve vontade de conferir essa história. O que mais despertou meu interesse foi a forma realística que os autores usaram com os protagonistas. Dica está anotada.

    Bjos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O fato do protagonistas serem tão reais foi o que me fez amar demais o livro, espero que possa dar uma oportunidade a ele em algum momento.

      Excluir
  3. Muito legal conferir suas impressões dessa leitura, não lembro se já li algo dos autores, mas confesso ter ficado curiosa, você falou tão empolgado, adoro ler textos assim que parece que a pessoa esta conversando comigo. Valeu pela dica.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Talvez já tenha lido da Becky, ela já fazia bastante sucesso antes mesmo de Simon ser adaptado!!

      Excluir
  4. Oi, Alisson. Esse livro está na minha lista de leituras futuras, mas não sabia muito o que esperar dele pq nunca li nada dos autores, mas saber que você curtiu me animou!!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom Mara!! Espero que aprecie a leitura tanto quanto eu!

      Excluir
  5. Olá nunca li nada da autora, na verdade nem do gênero é algo que quero mudar esse ano, espero ter a chance de conhecer e apreciar tanto quanto você, ótima resenha!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fico feliz que você queira começar a ler livros de temática LGBT, os livros da Becky são bons livros para começar.

      Excluir
  6. Oi, também gosto quando um livro me desperta várias sensações, que bom saber que essa dupla de autores conseguiu lhe agradar nessa história, fico mais animada para fazer a leitura.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fiquei bem feliz porque sinceramente não sabia o que sairia dessa união e bom, foi algo muito bom, espero mesmo que consiga ler.

      Excluir