Sol da Meia-Noite


Título: Sol da Meia-Noite (Midnight Sun) • Série: The Twilight Saga #5  • Autor: Stephanie Meyer • Editora: Intrínseca • Tradução: Carolina Rodrigues, Flora Pinheiro, Giu Alonso, Maria Carmelita Dias, Marina Vargas e Viviane Diniz • Compre: Amazon

Eu esperei tanto anos por esse livro, eu sinceramente já havia até perdido as esperanças que a Stephenie lançasse ele, mesmo ela tendo afirmado que um dia o lançaria, quando o lançamento do livro foi anunciado eu simplesmente não tive paz, eu era pura ansiedade para enfim conseguir ler a história no pov de Edward e finalmente realizei esse desejo. 

A escrita da Steph sempre agradou, sempre muito fluida, sempre muito fácil e simples e eu encontrei tudo isso nesse novo livro, mas ainda assim, a leitura não foi rápida, primeiro porque são mais de 700 páginas e porque a narrativa de Edward tem muito monologo e isso acaba por deixar a leitura mais lenta, mas, para mim isso não foi grande problema, na verdade foi ótimo porque os monólogos de Edward trazem muitas informações que eu não conhecia no pov de Bella. 

Eu sempre fui Team Edward, ele não é perfeito, eu tenho total ciência disso, mas, em meu ponto de vista ele nunca foi abusivo com Bella, ele é super protetor, as vezes controlador, mas, nunca foi de fato abusivo. Esse livro só fez eu reforçar ainda mais o meu amor pelo personagem e para ser sincero a única coisa que fez eu me aborrecer com Edward foi o final, a forma como ele toma decisões mesmo sabendo quais vão ser os resultados. 

O pov de Edward é interessante, porque eu acabei basicamente na cabeça de todos os personagens da história, bom, todos são muito humanos né? Acho interessante como o livro retrata bem o "penso uma coisa e falo outra", o pov de Edward eu gostar menos ainda de Rosalie e amar ainda mais a Alice, é muito interessante estar na mente dela, Alice sempre foi minha personagem favorita da saga. 

Foi muito bom voltar a saga Crepúsculo com esse livro não inédito, mas, repleto de informações inéditas. Eu adorei a leitura, com esse livro tive a certeza que eu posso ter a idade que for, se a Steph lançar nem que seja um conto de Crepúsculo eu irei ler, serei cadelinha da saga para sempre. 

Conhecer Bella foi o que aconteceu de mais irritante e instigante em todos os anos de Edward como vampiro. À medida que conhecemos detalhes sobre seu passado e a complexidade de seus pensamentos, conseguimos entender por que Bella se tornou o eixo central de uma batalha decisiva em sua vida. Como Edward poderia seguir seu coração se isso significava colocar a amada em perigo? Do que ele seria capaz de abrir mão?






0 Comentários