Se Vira Nos 30 #Maio2020


Terminamos mais um mês de isolamento social e repleto de acontecimentos que em sua maioria não foram bons, mas, além de se posicionar precisamos também esperar por alguma melhora, eu acredito que ela há de chegar! Maio não foi tão produtivo quando abril, mas, ainda assim deu para um gasto! Confira o que li e vi nesse mês que passou.


Em maio eu não parei para ver muita coisa, na verdade o começo do mês de maio num todo foi meio travado para mim, só comecei destravar depois da metade do mês, então, ainda que tenha surgido a vontade de ver coisas, o único filme que vi foi Dois Irmãos (Onward) e que filme lindo, o choro ao final foi garantido e certeiro! O filme está disponível na Prime Video.

Melhor Leitura: E mais uma vez temos um livro da Taylor Jenkins Reid como a minha melhor leitura do mês, Amor(es) Verdadeiro(s) foi um livro muito gostoso de ler, ainda que tenha uma temática meio clichê, a autora escreve de uma forma tão intensa e verdadeira que fica impossível não se apaixonar pela leitura e seus personagens.

Sobre as Leituras: Eu reli o manuscrito de Sol da Meia-Noite para sair do marasmo que estava me impedindo de ler e claro influenciado pela divulgação do lançamento do livro, o importante é que deu certo. Frank e o Amor foi uma leitura que me deu trabalho no começo, mas, que valeu muito a pena, um livro lindo sobre o as várias facetas do amor. Tudo o que tenho a falar sobre A Prometida é: decepcionante, mas, mal posso esperar pelo próximo. Pessoas Normais foi uma leitura intensa, pesada, em certos pontos controversa, mas, verdadeira.

Andamento da Meta de Leitura: Consegui realizar cinco leituras em maio, não estou satisfeito, mas poderia ter sido pior, pois, passei as duas primeiras semanas do mês travado. Dessas cinco leituras nenhuma delas foram da minha estante, o que significa que mais uma vez, ultrapassei a meta leitura mensal (3), mas, fiquei totalmente fora da meta de ler três livros da estante no mês, e assim continuo acumulando as leituras da estante kkkkkk. Como não li nada da estante, continuo sem ter direito a comprar um novo livro e para conquistar tal direito ainda preciso ler mais dois livros, vamos ver o que acontece agora em junho.


Em maio li 1510 páginas, por incrível que pareça apenas duas páginas a menos que o mês de abril, ainda que eu não tenha ficado satisfeito é inegável que foi um bom mês de leitura, princialmente tendo em vista toda a situação que estamos vivendo. A colagem acabou por não receber atualização já que não li nenhum livro da estante haha, espero que junho mude isso.

2 Comentários

  1. Quantas leituras legais :D

    https://www.submersaempalavras.com

    ResponderExcluir
  2. Migo, eu tô super ansiosa pra você ler logo O Ódio que Você Semeia, affff. Também gostei muito de Amor(es) Verdadeiro(s)... Parece que a TJR é realmente muito boa em tudo o que faz né?

    Bjs!
    https://www.roendolivros.com.br/

    ResponderExcluir